quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Vida?

A vida é dificil mesmo né? Não só dificil mas ardua e supérflua. É engraçado quando você menos espera a vida lhe dá uma rasteira, o pior é descobrir que essa rasteira vem de onde menos se espera.
Será que existe uma fórmula ou um código secreto para aprender a viver? Será que existe um manual do certo e errado? Será que realmente existem seres humanos?
É estranho, a vida lhe oferece varios caminhos e você sempre opta pelo mais difícil e incerto, e ainda assim sabendo de todos esses riscos e contratempos você o segue.
E segue pra que? Se no fim do caminho só há um abismo, o qual você cai e não sabe como voltar, o qual você sente seu corpo bater em pedras e ser arranhado por espinhos, e a cada machucado que a queda lhe proporciona você chora, chora desesperadamente de raiva, chora por ter feito a escolha errada e ter se dedicado ao caminho errado, chora por ver seus esforços irem embora, chora por estar sentindo esse sentimento que te envolve com tamanha velocidade que impede sua respiração, o abismo da desgraça esse é o nome do abismo.
E ao fim de sua queda tudo que lhe resta é um coração partido, um orgulho ferido, e uma vontade de vingança que te consome; é essa vontade demoniaca que lhe dá animô para ir em frente, reparar os machucados e tentar acertar o caminho novamente, é essa vontade que te faz levantar todas as manhãs e encarar a vida, é essa vontade que te faz viver.
Agora será que alguém sabe me dizer se é errado ter raiva e desejar o mal alguém, mesmo que esse alguém tenha lhe prejudicado por inúmeras vezes? Será que é ''feio'' ser rancorosa e amarga? Será que inocência e ambição são boas características? Será... que existe confiança nos vocabularios humanos? Será que é possivel fazer amizades verdadeiras?
O que é mais fácil ser fraco e ceder ou ser forte e lutar? Sinceramente, acho que a vida não vale nada e se preocupar com ela é uma grande besteira já que cedo ou tarde alguém irá lhe trair, pra que confiar em alguém, confie em você mesmo, conte seus segredos, medos, ambições pra si mesmo, não divida seus planos com alguém mesmo que esse alguém seja o amor da sua vida. Quem sabe assim um dia conseguirás ser feliz e ter a merecida paz.


''inocencia e ambição o combustivel da nação''

4 comentários:

  1. Bom. um texto bem deprê..

    Tenho certeza de que ceder não é sinal de fraqueza.. pode ser até estratégico. O que não se deve nunca fazer é deixar-se anular em um relacionamento.
    Devemos encarar a vida prontos para tudo.. se for o abismo que aparecer na sua frente, aprenda "base jump".. se for um mar de espinhos.. aprenda a surfar.
    ânimo podemos encontrar em qualquer lugar, quando fazemos o que gostamos, e quando estamos perto de quem gostamos.. é mais fácil..
    Para prevenir os machucados que a vida nos proporciona nas quedas, basta uma joelheira e uma cotoveleira recheadas com elevada auto-estima e confiança de que é tudo parte de um ciclo..

    abraços!!

    http://prof-zanzini.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm era assim,via a vida com uma sucessão de obstáculos sem fim,depois aprendi q quem colocava esses obstáculos era eu mesma,quando me julgava "inferior" a todos.
    Depois eu aprendi que se eu quero que a vida me mostre o caminho mais fácil,eu tenho que fazer o que puder,sem lamentar.
    E sei que ainda vou sofrer bastante,mas eu espero q nessa hora,seja forte o bastante para levantar e seguir em frente.
    Espero qe vc entenda isso,um beijo

    ResponderExcluir
  3. é so um desabafo, coisas passadas

    ResponderExcluir
  4. Adorei a postagem.
    Me identifiquei muito.
    Bom, acho que ignorância a gente paga com ignorância. Se uma pessoa foi mal com você, creio que você não tem obrigação alguma de ser 'boasinha' com ela.
    Mas uma hora ou outra na vida, as pessoas acordam, levantam e seguem.

    Você parece ser nova na blogsfera, se for, seja bem vinda ;)

    Ótimo 2010!
    Bjs!

    ResponderExcluir